CPA – Comissão Própria de Avaliação

Apresentação

O objetivo fundamental do processo de auto-avaliação da FAC São Roque é levantar informações e dados que subsidiem ações que contribuam para uma cultura de avaliação institucional. Para a obtenção desses dados, foi necessária a construção de uma metodologia de avaliação para possibilitar à Instituição o desenvolvimento de projetos de melhoria contínua. A CPA tem também como função, sistematizar os resultados da auto-avaliação, para que possam contribuir para reflexões e revisão das políticas de gestão institucional.

Processo de Avaliação

A Avaliação Institucional, na FAC São Roque, caracteriza-se por ser um processo permanente de acompanhamento da vida acadêmica. A CPA atua como sensibilizadora, catalisadora e executora de ações visando à auto-avaliação. Para isso, conta com a participação dos diversos segmentos integrantes da comunidade acadêmica, além da sociedade civil. Essa participação verificou-se nos diversos eventos desenvolvidos pela CPA, como reuniões em diferentes instâncias para divulgação da CPA, de seus integrantes e de sua função; reuniões de trabalho da CPA; criação e aplicação de questionários para obtenção de dados; atualização da página da WEB com dados resultantes do processo.

Sua importância para a Instituição

O projeto da auto-avaliação baseia-se na tese de que a Instituição deve ser continuamente avaliada, a partir de um conjunto de indicadores, para manter o compromisso com a qualidade da educação superior oferecida, garantindo aos alunos, dessa forma, o acesso a um processo de construção do conhecimento.

Dimensões da Avaliação

Em conformidade com as orientações do SINAES, a CPA da FAC São Roque tem como objetivo avaliar a Instituição, visando à melhoria contínua, observando as seguintes dimensões:

1. A Missão e o Plano de Desenvolvimento Institucional;
2. A política para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação e a extensão universitária;
3. A responsabilidade social da Instituição;
4. A comunicação com a sociedade;
5. As políticas de pessoal;
6. A organização e gestão da Instituição;
7. A infra-estrutura física;
8. O planejamento e avaliação;
9. As políticas de atendimento ao estudante;
10. A sustentabilidade financeira da Instituição

Para saber mais

MEC – Ministério da Educação
http://www.mec.gov.br

INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
http://www.inep.gov.br

Censo da Educação Superior – INEP/MEC
http://www.inep.gov.br/superior/censosuperior/

Resultados do Provão – ENADE – INEP/MEC
http://www.inep.gov.br/superior/enade/

Avaliação dos Cursos de Graduação – INEP/MEC
http://www.inep.gov.br/superior/condicoesdeensino/

Currículo sem Fronteiras – Revista para uma Educação Crítica e Emancipatória
http://www.curriculosemfronteiras.org/